20 junho, 2006

Freire desiste da vida pública e volta atrás

O presidente do PPS, Deputado Federal Roberto Freire, anunciou que havia abandonado a vida pública. Pouco depois aceitou o convite de Jarbas Passarinho para ser seu suplente na disputa pelo Senado Federal.
O Deputado disse a jornalista Andreza Matais, da Folha Online: "Depois que falei com você conversei com o Jarbas e ele me perguntou o que iria fazer. Disse que não tinha vontade de disputar a eleição e ele levantou a possibilidade de eu ser o suplente. Aceitei" "Como suplente não estarei disputando mandato, não vou fazer campanha. Essa legislatura foi muito desgastante e eu não tenho mais ânimo para uma eleição"
Freire disse que como suplente não estará "diretamente envolvido no exercício do mandato". "Tenho 30 anos de vida pública, mas estou desanimado. Não com a política, mas me sinto constrangido com alguns representates [da classe]. Espero que no ano que vem não tenhamos a continuidade do que está aí".

Um comentário:

CCCP disse...

Esse Roberto Freire... Ao invés de se manifestar pelo fim dessa anomalia chamada "suplente de senador", que é a única possibilidade de o cara, num regime democrático, se tornar senador da república ser ter recebido nenhum voto, me sai com essa.
Existe coisa mais melzinho na chupeta do que ser suplente de senador ? E mais sem sentido, existe ? Bom, levando-se em conta de que estamos no Brasil, zil, zil, é claro que existe, mas aqui falta espaço ( e disposição também...)