25 julho, 2006

"Se gritar pega ladrão, não fica um..."

CPI tem prova contra 80% dos acusados

Dois dias depois de a revista Veja divulgar o nome dos 112 parlamentares acusados de envolvimento com a máfia das ambulâncias, o vice-presidente da CPI dos Sanguessugas, deputado Raul Jungmann (PPS-PE), afirmou que já tem dados suficientes para comprovar o envolvimento de cerca de 80% dos suspeitos.

As provas, garante o parlamentar, incluem gravações telefônicas e cópias de depósitos bancários. A situação dos outros 20%, porém, é mais complexa. "As dúvidas são quanto aos que receberam em dinheiro vivo, por exemplo, por ser fato de difícil comprovação", afirmou Jungmann.

O nome desses congressistas foi citado por um dos sócios da Planam - empresa central do esquema -, Luiz Antonio Trevisan Vedoin, em depoimento que prestou por quase dez dias à Justiça Federal. Ele revelou detalhes e nomes envolvidos no esquema em troca da delação premiada, que é a redução da pena, em caso de condenação, para os acusados que colaborarem com as investigações.

3 comentários:

Anônimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anônimo disse...

I like it! Good job. Go on.
»

Anônimo disse...

Nice idea with this site its better than most of the rubbish I come across.
»