09 setembro, 2006

Canoa rachada, Heloísa em apuros


A candidata a presidência pelo Psol Heloísa Helena ainda não tem um Plano de Governo, o texto redigido pelo seu vice, César Benjamin, que seria apresentado no dia 7 de Setembro foi repudiado pelo PSTU, segundo Eduardo Almeida, membro da direção nacional do partido, o programa apresentado por Benjamin teria ficado muito restrito a taxa de juros, não oferecendo uma ruptura com o projeto neoliberal (entrevista à Folha de São Paulo 08/09/06). A candidata da Frente de Esquerda vai se complicando, com a consolidação da candidatura petista e o seu desempenho caindo nas pesquisas, o PSTU aproveita para escancarar suas diferenças com o psol, o qual não passaria de uma repetição do PT, em que o suposto radicalismo ficaria apenas no discurso.
De fato as propostas para a área econômica feitas pela candidata até agora não apresentam rupturas, continua a política liberal disfarçada, um programa revolucionário não seria coerente com o projeto Socialismo e Liberdade do Psol e o PSTU não aceita proposta ligth, equanto que, no campo social seu histórico pessoal é de conservadorismo: contraria ao aborto, faz restrições a pesquisa com células trocos e manifestações homofóbicas (ver Heloísa Helena: Homofobia e Falsidade neste blog em 05 de Agosto de 2006).


"A Bíblia diz: ou se serve a Deus ou ao capital. Quem serve ao capital vai virar churrasco do demônio” Heloísa Helena

2 comentários:

Anônimo disse...

Eu já disse, o problema dessa mulher é rola. Pura e simplesmente rola.

Jailson Marinho disse...

Seria trágico se não fosse cômico!!! Esse bando (chamem como quiserem) PSTU;PT;PSOL...... Querem alimentar a utopia de uma política que a História provou ser equivocada. Ei!!!!! acordem!!!! esse mundo não existe mais. Para essa gente, se é que posso chamar assim, deveria assistir ao filme: Adeus Lênin.
Desculpe pelo meu desabafo! Valeu.