09 outubro, 2006

A bomba

Coréia do Norte realiza seu primeiro teste nuclear

fonte: AFP

A Coréia do Norte confirmou a realização de um teste nuclear bem sucedido - o primeiro do país - em uma nota difundida nesta segunda-feira pela agência oficial norte-coreana Korean Central News Agency (KCNA), ignorando desta forma os muitos pedidos internacionais para que desistisse do teste e uma advertência do Conselho de Segurança da ONU.

A notícia do teste histórico provocou uma reação imediata de vários países da região e os Estados Unidos exigiram uma ação imediata do Conselho de Segurança da ONU.

A Casa Branca condenou o teste nuclear norte-coreano, classificando-o de provocação, e exigiu uma ação imedita do Conselho de Segurança da ONU.

A China foi um dos primeiros países da região a reagir e, através de seu ministério das Relações Exteriores, condenou oficialmente o teste nuclear norte-coreano.

Os especialistas estão divididos sobre a possibilidade de o teste desencadear uma corrida armamentista.

"Isto poderia proporcionar um pretexto para o armamento nuclear japonês, que por sua vez teria repercussões na China e na Rússia, e modificaria o equilíbrio na região", declarou em 4 de outubro o vice-ministro sul-coreano das Relações Exteriores, Yu Myung-Hwan.

6 comentários:

Jesus disse...

O mundo vai acabar. Arrependei-vos enquanto há tempo!

Carlos Marques disse...

Calma, é só mais uma bombinha.

Beth disse...

É um assunto grave. Um corrida armamentista na Ásia não ajudaria em nada o mundo. A guerra só interessa para quem vende armas.

Octávio disse...

Não que eu apóie uma corrida armamentista, mas os EUA são os que tem menos moral pra falar alguma coisa.. foram os únicos a usar A Bomba até hj.
Já já vão querer levar a "liberdade" pra Coréia tb.

Fábio Correa disse...

Quando os Estados Unidos classificaram a Coréia do Norte e o Irã como membros do "Eixo do Mal", deixou bem claro que os atacaria, a reação foi uma corrida apavorada a direção à bomba, a posse da bamba nuclear por estes paises poe em risco toda e região e pode afetar todo o planeta, os EUA são os maiores culpados.

Anônimo disse...

...O maior risco para o mundo são os EUA e seus estúpidos governantes. Eles nunca deixaram de fazer testes nucleares e de desrespeitar decisões da ONU, é bom que alguém apareça para neutralizá-los e trazer o equilíbrio necessário ao mundo, perdido (infelizmente)com a desintegração da união soviética.