31 dezembro, 2006

Discurso de Olavo Bilac sobre a Pátria

"Felizmente sou chamado a cumprir esta desvanecedora tarefa, quando meu espírito já está longe das irreflexões da juventude, quando já cheguei a uma fase da vida em que as torrentes caudais do entusiasmo podem ser sofreadas e medidas pela razão calma e segura.
Na juventude o patriotismo é brilho, clarão, fervor, explosão natural da alma inocente, amor inconsiderado e espontâneo. Mas na maturidade, ele é feito de reflexão e certeza, de carinho bem sentido e afeto bem pensado, de gratidão refletida e de amor consciente.
Nesta idade o patriotismo perde, é certo, o ardor, a veemência, o impetuoso entusiasmo do outro; mas, em compensação, alarga-se e aprofunda-se, ganha raízes no sentimento e na inteligência, liberta-se das idéias errôneas, emancipa-se dos preconceitos, cuja felicidade só era disfarçada pela beleza do sentimento a que se agarravam como parasitas, - e lucra em solidez o que perde em vigor."

2 comentários:

Geraldo Reis disse...

Aê meus amigos..quero parabenliza-los por essa união e dedicação..o blog é muito legal..eu desejo sucesso a todos..

Daniel Lopes disse...

Grande Reis!!!

Obrigado pelo prestígio!!!