15 dezembro, 2006

Oaxaca

No próximo sábado, a Comissão Civil Internacional de Direitos Humanos estará no estado mexicano de Oaxaca para avaliar os impactos causados contras os direitos humanos durante os conflitos - que já duram seis meses - entre os militantes e simpatizantes da Assembléia Popular do Povo de Oaxaca (APPO) e a Polícia Federal Preventiva (PFP).
São inúmeras denúncias relacionadas a prisões arbitrárias, torturas e assassinatos. Alguns dizem que mulheres estão a ser estupradas.

2 comentários:

almeida disse...

É Lamentável, lastimável e triste.

Luiz Alberto Machado disse...

Muito bom seu espaço. Apreciei um a um dos posts e parabens.
Voltarei mais vezes e indicarei nas minhas páginas.
Beijabrações
www.luizalbertomachado.com.br