01 abril, 2007

Fabiana e a crise da aviação

Geraldo Vandré, autor da música "Para não dizer que não falei das flores", hino da resistência à ditadura militar, segundo reza a lenda, ficou louco e fez uma canção chamada Fabiana. Pensou numa musa-ninfeta? Eu também. Mas trata-se, na verdade, de uma "homenagem" à Força Aérea Brasileira, a FAB.

Qual a relação da Fabiana como "caos aéreo"?

O Brigadeiro Junito Saiuto, comandante da Aeronáutica, se fez acompanhar de dois procuradores da Justiça Militar para dar voz de prisão aos "amotinados". Sabiamente, Lula ordenou que suspendesse a operação destinada a meter na cadeia dezoito controladores.

Com 18 controladores de vôo presos, o tráfego aéreo, literalmente, iria para o espaço. E o brigadeiro Junito iria comandar o espaço aéreo do hospício militar.

Agora, os milicos falam em "quebra da hierarquia".

Como bem observou o jornalista Paulo Henrique Amorin, em seu blog Conversa Afiada, esse negócio de "quebra de disciplina" e "revolta dos sargentos" é coisa de golpista.

O Estadão fala em "crise militar" e seus redatores sofrem poluções noturnas com a "derrubada do Lula".

Podem tirar o cavalinho da chuva. O primeiro Mesquita que tentar sair da redação para fazer marcha com Deus pela família, vai acabar implorando a Deus que alguém da família venha juntar seus pedaços.

Os tempos são outros. Vocês continuam igualmente conservadores e golpistas. Mas nós somos mais numerosos e conhecemos seu "modus operandi". Estaremos preparados. Se e quando.

Portanto, voltem para a fila que o avião sai logo. Talvez demore um pouco. Não reclamem, não fumem e não apalpem as aeromoças. Principalmente a Fabiana...

3 comentários:

martinho disse...

o sumido, até que enfim entrou no meu blog..o daniel, infelizmente o meu palmeiras irá rebaixar o nosso são bento. os golpistas militares e tucanos acharam o quê , que prender os controladores iria resolver? presos uma semna, quem iria controlar os vôos.... e o busão: apagão diário, pq ninguém fala nada?

yan disse...

Polução noturna! haha muito bom!
Ninguém fala dos problemas de se prender os controladores de vôo, mas no entanto é a única coisa que desejam fazer. Muito boa crítica a interpretação disseminada na grande mídia.

Sérgio disse...

Esse brigadeiro ou é muito burro ou muito esperto... o que ele queria? Paralizar o trafego aereo?

E os controladores? Tenho certeza que eles pretendiam ser presos, queriam dar um golpe no sistema, eles já haviam desligado "acidentalmente" os sistemas umas tres vezes.

O Lula foi mesmo muito esperto e deu uma lição de abilidade política.