22 junho, 2007

Secretário vai à China

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Daniel de Jesus Leite, embarca hoje para a China em missão oficial, uma visita de 15 dias com intuito de buscar novas parcerias e conhecer o sistema chinês de gerenciamento.

"Uma das idéias dele é assinar convênio com o governo chinês para que eles venham a Sorocaba ensinar o mandarim aos sorocabanos." (Jornal C. do Sul)

Pera ai, sistema chinês de gerenciamento? A China é alvo de críticas intermitentes pelo seu alto grau de autoritarismo na gestão pública e pelo seu sistema industrial, baseado, sobretudo, na mão -de-obra barata. Não entendi.

3 comentários:

Reinaldo disse...

Fábio, não reclame. Deixa o cara na China que é melhor.

Anônimo disse...

O secretário de Cultura podia ir pra Votorantim!

Leon K. disse...

Pois é, mas quem é que tece essas críticas intermitentes? Concordo que a democracia chinesa (não falo de democracia na nossa óptica, ocidental-capistalista-cristã) tem muito o que evoluir - e os próprios chineses reconhecem isso. Mas reproduzir argumentos paliativos e insuficientes é um erro trágico!

Ah, e você não sabe porque a mão-de-obra lá é barata?? Procure saber, e depois fale aqui sobre a mão-de-obra "não-barata" do Brasil.