24 abril, 2008

Primo de Álvaro Uribe foi preso

Autoridades colombianas prenderam na noite desta terça-feira o ex-senador Mario Uribe Escobar, primo e importante aliado do presidente Álvaro Uribe, por envolvimento com grupos paramilitares e traficantes de drogas.

Nesta quarta-feirao ex-senador seria levado à Penitenciária de La Picota, onde estão presos muitos congressistas e ex-congressistas, aliados de Uribe, acusados de envolvimento com paramilitares e traficantes de drogas.

Em um breve comunicado, o presidente Álvaro Uribe expressou sua dor pela prisão do primo e aliado.

"Assumo esta dor com patriotismo, sem fugir ao cumprimento de minhas responsabilidades".

Ui!

* * * * * * *

O primo do presidente é uma das figuras mais importantes da Colômbia envolvidas nas investigações do escândalo que levou à prisão dezenas de políticos acusados de manter relações com grupos paramilitares.

Na semana passada, outros dois importantes aliados de Uribe - a presidente do Senado, Nancy Gutiérrez, e o presidente do Partido de la U, Carlos García - também passaram a ser investigados e um terceiro, o senador Ricardo Elcure, foi detido para interrogatório.

Os paramilitares foram criados por proprietários de terras e traficantes de drogas para combater rebeldes de esquerda e qualquer um suspeito de ser simpatizante desses grupos.

Segundo o correspondente da BBC Mundo, "a ordem de prisão contra Mario Uribe Escobar foi interpretada na Colômbia como um duro golpe para o presidente Uribe, levando em conta a proximidade entre os dois".

fonte: BBC-Brasil

Um comentário:

Luis Fernando disse...

País bom é assim, parentes do presidente envolvidos com atividades ilegais são presos e processados.

Deve ser bom um lugar assim, onde ilegalidades são chamadas pelo nome e não disfarçadas com subterfúgios ou com o recurso da "novilingua" de Orwell (recursos não contabilizados,etc)