13 agosto, 2008

Notícias do front

Hoje a Polícia Civil de São Paulo parou. Boa parte dela - ou melhor, a parte boa.

Nunca pensei que esse dia chegaria, mas é verdade: José Serra, a toupeira dos Bandeirantes, conseguiu. Vai entrar para a história.

Houve perseguição por parte de superiores, boataria, ameaças. Mesmo assim, os policiais, em sua maioria, aderiram à greve.

No final da tarde, em audiência no TST, o governo tucano recuou, depois de anunciar que não atenderia às exigências dos policiais, e decidiu reabrir as negociações. No próximo dia 20/08 haverá outra audiência, onde Serra deverá um proposta real. Até lá a greve fica suspensa e os policiais em "estado de greve".

Pessoalmente, acho que a polícia deveria permanecer em greve até que o governo apresentasse uma proposta (o que ainda não ocorreu). Ele alega que precisa de tempo para estudar o assunto. Já que é assim, o pessoal que "estuda" o assunto deve ter se formado nas escolas paulistas da era tucana: desde de março aguardamos o tal "estudo".

De qualquer forma, é um início.

Tomara que seja o início do fim dos planos de José Serra se tornar presidente.

3 comentários:

VIVIANE PRUDENTE disse...

ESTOU UTILIZANDO ESPAÇO P/ LOCALIZAR MEU AMIGO ÉLITON HENRIQUE DA CRUZ, COLABORADOR DESTE BLOG E ALÉM DE FAZER UM APELO P/ Q ELE ENTRE EM CONTATO COMIGO P/ ORKUT ME ACEITANDO, QUERO PARABENIZA-LOS P/ BLOG, PORQUE ACREDITO Q SOROCABA MERECE E DEVE CONHECER O TRABALHO DE VCS!!!

VIVIANE PRUDENTE disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
VIVIANE PRUDENTE disse...
Este comentário foi removido pelo autor.