13 outubro, 2008

Desabafo do Arnô



Minha opinião:

Lamento muito que o vereador Arnô não tenha sido reeleito. Sempre foi um parlamentar fiel a seus princípios e que será, infelizmente, substituído por figuras escatológicas da política Sorocabana.

Apesar disso, algumas observações.

O vereador Arnô deveria expor suas divergências internamente. É assim que os partidos políticos funcionam. Ao jogar merda no ventilador, ele fez o jogo da direita, que é generosa em dar espaço aos "arrependidos" do PT. Vide Heloísa Helena, Raul Marcelo e outros.

Arnô se queixa de outras candidaturas que inviabilizaram a sua. O que ele pretendia? Que os metalúrgicos nunca mais poderiam ter um candidato que não fosse ele? O vereador representou os metalúrgicos durante doze anos. Nas últimas eleições, outros candidatos da mesma base se apresentaram. Izídio, em especial, e com toda a legitimidade. Tanto que foi o vereador mais votado do partido nas eleições.

Um dos principais erros do PT, nos últimos tempos, foi perder a combatividade, se deixar dominar pelo espírito de conciliação. E o vereador Arnô tem sua responsabilidade nesse erro. Quando, por exemplo, a bancada do PT decidiu apoiar Paulo Mendes para presidente da câmara, muitos no PT, inclusive eu, se mostraram contrários e não foram ouvidos. O resultado, todos conhecem.

Por fim, Arnô "ameaça" lançar-se candidato a deputado estadual. O recado é claro: pretende prejudicar o deputado Hamilton Pereira, que buscará sua reeleição. Ou seja, vai dar o troco.

Se Arnô pretende ser deputado estadual, que seja candidato, busque seus votos e tenha boa sorte. Tenho certeza de que, se eleito, será um ótimo parlamentar. Mas faça isso pelas razões certas e não apenas para se vingar.

O fígado é um péssimo conselheiro na política.

26 comentários:

petista solitário disse...

Mais duas situações:

A assessoria do Arnô, certa vez, disse que o Paulo Mendes era um ótimo vereador de oposição,,, dias depois ele foi para o PSDB!

E quando alguns disseram que a coligação com o Cláudio do Sorocaba I não deveria ser feita, o Arnô defendeu, dizendo que já "havia empenhado a palavra" com o Cláudio!

Sem o Cláudio, o Arnô teria sido eleito! Confiram as contas.

Anônimo disse...

Quanta besteira! Falar que o Arnô apoiou esta coligação é o fim do mundo!!!

Fábio Cassimiro disse...

Venho defender o vereador Arnô, pois este tem sido talvez o único vereador petista a fazer oposição ao PSDB na última legislatura.

Arnô tem todo o direito de fazer o seu desabafo, melhor seria que ficasse dentro do partido, mas num partido onde ficamos sabendo de seus rumos pela imprensa, Arnô não comete este erro sozinho.

Gostaria de lembrar ainda que o partido tem perdido a sua capacidade de autocritica, o que deve ser revigorado.

Anônimo disse...

da assessora do Arnô e direção do PT em Sorocaba - Maristela:

é incrivel como alguns, por falta de informação ou por terem informação demais distorcem os fatos...
respeito meus companheiros de partido que postam avaliações neste blog, mas decididamente o que se pode concluir é que só podem estar equivocados ou com muita má intenção...mas isto vamos conversar na avalição que será feita internamente e espero com mais espirito companheiro do que se apresentou até agora nas discussões fora do partido...

Anônimo disse...

da assessora do Arnô e direção do PT em Sorocaba - Maristela:

é incrivel como alguns, por falta de informação ou por terem informação demais distorcem os fatos...
respeito meus companheiros de partido que postam avaliações neste blog, mas decididamente o que se pode concluir é que só podem estar equivocados ou com muita má intenção...mas isto vamos conversar na avalição que será feita internamente e espero com mais espirito companheiro do que se apresentou até agora nas discussões fora do partido...

Rodson disse...

Reinaldo, mais uma vez tenho que discordar incisivamente de suas palavras. Incrível como você tenta inverter os fatos, outro dia disse que eu estava "tucanando", agora diz que o Arnô deveria fazer essa lavagem de roupa suja internamente, quando o PT de Sorocaba cedeu espaço para uma ala do PSDB fazer ataques a outra ala do PSDB, numa lavagem de roupa suja vergonhosa em casa alheia. O Arnô está mais do que correto em se posicionar, o PT de Sorocaba conseguiu a "façanha" de retroagir a 1982, quando, o candidato a prefeito ficou próximo dos 10% e elegeu apenas 2 vereadores, ou seja, UM RETROCESSO DE 26 ANOS! Não há argumentos contra esses números, algo de muito grave, mas muito grave mesmo está acontecendo dentro do partido que cada vez mais afasta as pessoas, sejam elas filiadas, militantes ou simpatizantes...

Anônimo disse...

Caro tucano Rodson:

Você defende que o Arnô venha a público porque quer ver o circo pegar fogo e que o palhaço do PT morra queimado.

Reinaldo disse...

Maristela:

Acho que não se trata de uma questão de saber muito ou saber pouco. E sobre a má fé, como você diz, pode ter certeza que não existe neste blog, principalmente com relação ao Arnô, de quem gosto muito.

É que, com relação a autocrítica, podemos dizer o mesmo que Descartes sobre o bom senso:

"O bom senso é a coisa que, no mundo, está mais bem distribuída: de facto, cada um pensa estar tão bem provido dele, que até mesmo aqueles que são os mais difíceis de contentar em todas as outras coisas não têm de forma nenhuma o costume de desejarem [ter] mais do que o que têm. E nisto, não é verosímil que todos se enganem; mas antes, isso testemunha que o poder de bem julgar, e de distinguir o verdadeiro do falso que é aquilo a que se chama o bom senso ou a razão, é naturalmente igual em todos os homens; da mesma forma que a diversidade das nossas opiniões não provém do facto de uns serem mais razoáveis do que outros, mas unicamente do facto de nós conduzirmos os nossos pensamentos por vias diversas, e de não considerarmos as mesmas coisas."

Carol disse...

Desculpe Reinaldo, mas não entendi quando você disse que o Arnô deveria fazer suas críticas internamente.
Você sabe bem que o partido em Sorocaba não permite esse tipo de discussão interna, e está mais do que claro que esse vexame nas eleições se deve ao fato de impedirem que todo o partido participe das decisões.
Entendo o desabafo do Arnô, pois todos estão cheios de ver as lideranças do partidos sendo empurradas para fora dele.Enquanto o PT preferir se aproximar do Renato Amary a ouvir seus militantes, concordo em gênero, número e grau com o Arnô, que foi o melhor Parlamentar da Legislação que está se encerrando e merecia ser reconhecido dentro e fora do partido.

Fábio Cassimiro disse...

É verdade, discutir o PT fora do PT da margem pra tucano meter o bico, o Rodson a tempos não postava comentários, agora esta se achando a ave do paraíso.

Alexandre disse...

Boa tarde,

O PT de Sorocaba, sempre permitiu criticas internas.

Quem participou do partido nos últimos anos, pode presenciar os debates internos que ocorreram.

O resultado eleitoral negativo, é relativo em sua grande consequência da divisão ocorrida no partido. A saída das correntes ligadas ao Raul Marcelo e o Gabriel Bitencourt.

Se eles estivem dentro na chapa de vereadores, o número de votos seria suficiente para aumentar o número de vagas na Camâra de Vereadores.

A divisão das forças de esquerda, foi a causa desta derrota.

Todos os votos dados ao PC do B e ao Psol, foram para o lixo, pois não contaram para eleger vereadores.

Não sou contra o debate aberto, mas da maneira como o Arnô fez, achou que foi ruim.

Ainda mais, quando ele elogia em publico a imprensa sorocabana, que é tucana e burguesa.

Este certamente não é o caminho para um debate sobre os caminhos que deverão seguir as forças de esquerdas sorocabanas.

Em tempo, se for somado os votos do Crespo e do Lippi no primeito turno de 2004, veram que se aproximam da votação atual do Lippi.

O resto, é raiva.

E ela é pessima conselheira.

Rodson disse...

Fábio, desculpe mas me dirigi ao Reinaldo. Mas já que a carapuça serviu então conta mais sobre essa "ave do paraíso". É bíblico, é político ou é falta de argumento? O dia que eu precisar provar minha dedicação ao Partido dos Trabalhadores e não minha dedicação a esse ou àquele mandato, eu peço tua opinião, se vc quiser eu não posto mais nenhum comentário aqui no "seu blog" se isso te incomoda, é só avisar, ok?

E "anônimo" ... obrigado pela alcunha "tucano", é legal ver que existem idiotas dos dois lados: quando falo com amigos meus tucanos e eles perdem nos argumentos, eles apelam: "Ah, seu petista"... agora se discuto com meus amigos petistas sou taxado de "tucano"... a falta de argumento faz escola! huahuahuahua!

Carol Negretti disse...

Seria ótimo, se fosse possível, que o Arnô fizesse seu desabafo , numa reunião aberta a todos que quisessem participar e que o partido seguisse tudo o que fosse tomado como diretriz para voltar a ocupar o espaço vago na esquerda sorocabana.
Assim, faríamos com que todos na cidade pensassem que o partido está à mil maravilhas internamente...
Roupa suja se lava em casa, isso é bem verdade, mas como já disse compreendo os motivos que levaram o Arnô a cometer essa atitude, ainda que impensada, talvez.

Reinaldo disse...

Carol:

Também sou capaz de entender as razões do Arnô. Na verdade, é bastante compreensível. Mas o que me preocupa é que o processo de avaliação, sobre os resultados eleitorais, feito com base "no fígado", com rancor, raiva, não nos levará a lugar algum. Para alguns pode ser bom cortar algumas cabeças, mas para o PT não será.

Defendo que as críticas mais duras sejam feitas internamente, mas com serenidade, com objetividade, diria mesmo com metodo. Para reencontrar nossos caminhos.

Fábio Cassimiro disse...

Desculpe Rodson, eu não sabia que era particular, com o Reinaldo.

Rodson disse...

Realmente Reinaldo, não devemos fazer desabafo e avaliações com base no "fígado", mas alguém fez a campanha com base no "intestino", logo não adianta ficar esperando posicionamentos equilibrados, mesmo porque que debate útil se pode fazer? Que discussão interna se pode fazer? Se o único argumento dos que corroboram a prática do PT de Sorocaba é ficar insinuando que quem discorda é Tucano... posicionamento maduro só pode exigir quem o tem.

Fábio, só não sei que "ave do paraíso" é essa, como só sou curioso em história e você é o estudioso, gostaria de saber... mas não se incomode, meus posts aqui estão com os dias contados.

Anônimo disse...

Gostaria de reafirmar que acho que esse disurso de que roupa suja se lava em casa, não cabe mais no PT sorocabano, já cançamos dos golpes da direita do partido(tbem conhecida como articulação), e para alguns que insinuam que não participam do partido, lembro que essa participação deve ser valida tbem para a direção, que sabemos que todas as diretrizes que o partido toma não são deliberadas dentro da sede mas em escritório de um certo "pá lamentar" sorocabano
Quando essa mesma direita que se infiltrou dentro do pt se aproxima de Renato A"MAL"ry e abandona lideranças históricas da esquerda, essa tucanização em sorocaba continuará
Desculpe Alexandre, vc sabe o caribho que tenho por ti, mas discordo com a sua matemática, essa parece desculpa de cego....

Edi Paraizo disse...

Não consegui publicar o meu nome

Carol Negretti disse...

Esse argumento de que tratar de assuntos do partido em público dá armas para os tucanos me parece ridículo, pois não acho que depois da sova que nos deram em Sorocaba eles estejam preocupados em saber dos rachas petistas, afinal com todo o probema público do PSDB, com o Amary inclusive usando o horário do Hamilton para criticar o Lippi, ainda tiveram essa votação extraordinária.

Reinaldo disse...

Só para colocar as coisas em ordem.

Defendo que o processo de avaliação deve ser interno, entre os petistas, com espírito fraterno. Com o objetivo de fazer um levantamento, com método, sobre os erros e acertos do PT, para que possamos avançar no futuro.

Isso não quer dizer que os membros do partido não possam expressar suas opiniões externamente. Acho que foi um erro, de grandes proporções, usar a imagem do Amary, foi um erro a coligação com o Cláudio do Sorocaba I e foi um erro trazer o Jorjão de volta para o partido.

O PT deve saber reconhecer isso publicamente. É o primeiro passo para reconquistas nossos votos.

Agora, não concordo com críticas particularizadas, como fez o Arnô, e, principalmente não concordo em procurar um culpado para erros que são de vários grupos.

Digo isso com tranquilidade, pois sempre foi crítico das posturas do grupo denominado Articulação.

E, embora tenha bons amigos nesse grupo, fui contra, de forma contundente, à volta do Jorjão, votando com o Arnô e com o Ismael sobre esse assunto.

Agora, não posso me esquecer que o Jorjão voltou ao PT com 12 votos contra 11 num diretório que tinha 33 membros e onde os ausentes foram, a grande maioria, pessoas ligadas aos grupos do Arnô e do Ismael.

Também fui contra ao apoio ao Paulo Mendes, para presidente da câmara, quando o PT levou um "chapéu" histórico, e esse acordo foi endossado pelo grupo do Arnô e do Ismael.

Portanto, é preciso assumir as responsabilidades. De todos os grupos. e não cair nesse discurso de "a culpa, a culpa, é da Articulação". Até mesmo porque foi esse grupo, com as mesmas posturas, que condeno, que venceu as eleições em Votorantim, Piedade e Porto Feliz.

Portanto, há responsabilidades, há erros, que não são exclusividade do grupo "A" ou do grupo "B". São de vários grupos.

E, como processo construtivo, a avaliação tem que apontar na direção de reconhecer e superar os erros e não na direção de responsabilizar algumas pessoas por condutas que foram gerais, no PT-Sorocaba, há muitos anos.

Além disso, resultado eleitoral não deve ser nosso único critério. Afinal de contas, em Votorantim, a aliança Piveta-Cassola, não é muito diferente do que uma eventual aliança Hamilton-Amary.

Agora me pergunto, para os votorantinenses: valeu o preço?

Carol Negretti disse...

Respondendo a pergunta:

Valeu o preço?

O PT em Votorantim também comete os mesmos erros, não existe oposição além da "oposição útil" aos grupos majoritários. Ficamos aqui prestando um serviço á eles, fazendo exatamente o que eles querem, sem poder dizer que discussões não foram feitas.

Acabamos ficando aqui, também sem melhores opções por uma série de fatores a longo prazo.

Espero que de agora em diante, seja feita, de verdade uma reestruturação no partido de forma ampla e com resultados positivos à esquerda na região.Que é hora de nos unirmos em torno do problema, é fato, mas não podemos deixar de analisar uma série de erros cometidos por todos nós.

De qualquer forma, ainda em resposta à pergunta, ficamos numa "sinuca de bico", precisando escolher entre Erinaldo e toda a tucanaiada, ou o Pivetta e sua trupe (que, diga-se de passagem ainda não se sabe ao certo se já conhecemos).

A eleição do Pivetta em Votorantim foi resultado de um trabalho muito bem feito pela articulação dentro dos seus métodos de fazer política, eu goste ou não deles.

E ainda, vejo diferenças, sim entre as duas alianças.Em Votorantim, o plano deu certo, o Cassola cumpriu seu mandato e o Pivetta está eleito, em Sorocaba trouxe o resultado inverso do que se esperava. Mas, na minha humilde opinião, os fins não justificam os meios.

Reinaldo disse...

"Os fins não justificam os meios"

Carol, concordo em gênero, número e grau.

Esse é o centro da discussão.

E o que tentava demonstrar é exatamente isso: não é a conduto do PT nos últimos anos que nos levou a derrota eleitoral em Sorocaba. Em outro cenário, poderia ter funcionado. Funcionou em vários lugares.

A questão é: vale a pena?

Edi Paraizo disse...

Nobre "Nardo" meu irmão!!!


Para mim e para maioria dos verdadeiros petista esses tipos de aliança não valem a pena, mas como recordar é viver, é bom lembrar que a aliança Cassola/Pivetta é uma aliança PDT/PT aliança essa que também existe na esfera federal difente dessa de Sorocaba...Hamilton/ Amary???? ( PT e Tucano)...em 2000 quando Cassola foi eleito o PT vinha de uma derrota em 1° turno para presidente com Lula e Brizolla (PT e PDT)..Não que eu concorde tbem acho que os fins não justificam os meios...essa "ampla" aliança em Votorantim só com engove mesmo...
E um pouco de sorte e reza...

Edi Paraizo disse...

Nobre "Nardo" meu irmão!!!


Para mim e para maioria dos verdadeiros petista esses tipos de aliança não valem a pena, mas como recordar é viver, é bom lembrar que a aliança Cassola/Pivetta é uma aliança PDT/PT aliança essa que também existe na esfera federal difente dessa de Sorocaba...Hamilton/ Amary???? ( PT e Tucano)...em 2000 quando Cassola foi eleito o PT vinha de uma derrota em 1° turno para presidente com Lula e Brizolla (PT e PDT)..Não que eu concorde tbem acho que os fins não justificam os meios...essa "ampla" aliança em Votorantim só com engove mesmo...
E um pouco de sorte e reza...

Anônimo disse...

O Fábio é alfabetizado?

Reinaldo disse...

Companheiro Edi:

O PDT é um balaio de gatos. E, aliança com a burguesia local é aliança com a burguesia local, seja o José Alencar, o Cassola ou Amary. Dá no mesmo.

Mas, afinal de contas, percebo em sua postagem, companheiro, uma defesa sutil, algo do fundo do coração, da articulação votorantinense...

Companheiro, a Articulação é como peido, cada um tem o seu e é fedido.

Portanto, não fique reparando na articulação dos outros, só porque a sua não borrou a cueca,