06 outubro, 2008

Observações sobre o resultado eleitoral

1. Gostaria de agradecer a todos que apoiaram nosso amigo Daniel Lopes, candidato a vereador. Ele teve cerca de 1.700 votos e foi um dos únicos do PT a apresentar crescimento considerável de votos. Na primeira eleição que disputou, em 2004, teve 980 votos. Um crescimento de 75%. Todos os outros candidatos do PT perderam votos ou apresentaram crescimento vegetativo. Tenho certeza que a câmara municipal de Sorocaba perdeu - e muito - com a não eleição de Daniel Lopes.

2. Parabens ao vereador Geraldo Reis (PV), leitor deste blog e um grande ser humano. Embora não concorde com várias posturas de seu partido, sei que, com ele, a câmara municipal ficará um pouco melhor.

3. É uma pena que Gabriel Bintecourt, Arnô Pereira, Tânia Bacelli e Dr. Ismael não tenham sido eleitos. A próxima legislatura, sem sombra de dúvidas, perde muito em qualidade. Segundo minha amiga Tatiana, leitora do blog, a próxima câmara será uma versão tupiniquim do programa "Fala que eu te escuto".

4. O PT em Sorocaba sofreu uma derrota incontestável. Em 2004 teve 22% dos votos para prefeito e elegeu quatro vereadores. Agora, teve 12% dos votos para prefeito e elegeu apenas dois vereadores.

5. Caberá aos membros do partido avaliar o processo que levou a esse resultado. Apenas faço uma observação: esse resultado não se deve aos três meses de campanha. Foi construído ao longo de quatro anos, com equívocos cometidos por muita gente - de todos os grupos - e que já tinha sido sinalizado nas eleições de 2006, com a derrota do Lula, da Iara e a queda de votos assombrosa do Hamilton.

6. Nada como um dias após o outro. Acredito que o PT - e a esquerda de uma forma geral - poderá se fortalecer, se souber tirar as lições que essa derrota merece, com serenidade, sem buscar cristos para crucificar, mas também sem poupar críticas duras que devem feitas. Mas é assunto para o PT.

7. O PSDB terá quatro anos para governar como o diabo gosta: sem oposição. Apesar disso, nas próximas eleições, sofrerá o fenômeno que o Cesar Maia chama de "desgaste de material" e não tem nome "natural" para a sucessão.

8. De uma forma geral, no Brasil, o PT cresceu bastante, o PSDB conseguiu se segurar e o DEM não foi banido do mapa (como desejávamos). 73% dos prefeitos candidatos a reeleição ganharam em primeiro turno, com largas margens. Lippi não foi nenhum prodígio. Em Itu Herculano ganhou com margem superior e em Porto Feliz Mafei ganhou com margem semelhante. No resto do Brasil, aconteceu a mesma coisa.

9. A notícia do dia é a crise global. A bolsa já fechou duas vezes hoje, depois de cair 15%. A ação dos bancos centrais parece não surtir efeito e ninguem sabe os resultados de longo prazo. Uma recessão prolongada - muito possível - transformará o mandato dos próximos prefeitos num inferno, com a queda de arrecadação e aumento das demandas sociais. Veremos...

10. Alguém me traga outro uísque e um doril, que a ressaca ainda não passou.

4 comentários:

L. Archilla disse...

fico feliz que ainda tem gente otimista por aí... pq eu, sinceramente... :(

edi paraizo disse...

O PT em Sorocaba vai de mal a pior.
Me parece que enquanto o dominio estiver concetrado em apenas uma mão, tudo ficará assim, a ruptura dentro do partido não é novidade, e com essa divisão, onde apenas 1 pessoa manda(pau nele de novo)e outros cumprem oque foi mandado, espero que um dia acabe e que a democracia dentro do PT volte, as urnas mostraram o tamanho da imcopetência e arrogancia dos mesmos
Mas como diziam - O Amary agora é companheiro, Ao PT sorocabano...o último que sair apague as luzes.
Tenho dó do povo daí!!!

Reinaldo disse...

Aviso aos pessimistas:

Por pior que seja a queda, do chão não passa.

Às vezes, uma derrota acaba por ser positiva, pois acelera o processo de mudança e renovação.

O que não mata, fortalece.

Ânimo, gente, já enfrentamos duas ditaduras. Não é um revés eleitoral que vai acabar com a gente.

Petista é uma raça ruim, resistente.

A luta continua.

Anônimo disse...

Tomara que esse Daniel nunca se eleja!