19 abril, 2010

Bacaroco.org

No dia 02/01/2006 postamos neste blog:
Sorocaba. Cidade caroço. Macondo perdida no século XXI. Governada há séculos por caçadores de índios, pervertidos e tucanos em geral. Discussão sobre os problemas da cidade, para mudá-la radicalmente. Antes que a selva nos trague. Agora confrontarão-se com o Caroço. Parte dura de certos frutos. Que engasga. E contém a semente. Semente do futuro. Ou apenas sêmen desperdiçado.
Nascia o Bah!Caroço. Fruto de uma conversa informal, o nosso Bah! surgiu como forma de expressão num ambiente intelectual proto-fascista sufocante, principalmente nesta província de Sorocaba.
Quatro anos e quase 130.000 acessos depois, aqui estamos. De alguma forma acredito que nosso blog contribuiu para o que acontece de positivo no Brasil, serviu de contraponto.
É hora de mudar. A partir de hoje o Bah!Caroço adota o wordpress, reafirmando nossos compromissos com o software livre. E também muda de endereço: http://www.bacaroco.org

Quero agradecer a todos os que já foram colaboradores do Bacaroço. Agora, outros se juntam a nós, mas saibam, todos, que serão sempre bacarocianos.

3 comentários:

alex disse...

DOCUMENTO DE CAMPANHA DO PSDB É FEITO COM TIMBRE DA CÂMARA


MARCELA ROCHA – TERRA - 07 de maio de 2010 • 15h18

A imagem ao lado é um fac-símile do ofício um tanto quanto inusitado recebido pelo líder do governo na Câmara dos Deputados, Cândido Vaccarezza, nesta segunda-feira (3). Vindo do gabinete do também líder Paulo Bornhausen (DEM), o documento orienta parlamentares da oposição sobre como fazer a campanha do pré-candidato tucano, José Serra. Temas a serem abordados e como serem abordados permeiam as quatro páginas com o timbre da Casa.
As orientações são feitas pela coordenação de comunicação da campanha de Serra e repassadas a parlamentares do DEM, PPS e PSDB. Segundo Bornhausen, esta é "uma maneira efetiva" de participarem da "dura campanha que se prenuncia". O primeiro tema a ser abordado no documento é a Lei de Responsabilidade Fiscal. Segundo as orientações, os parlamentares devem traduzir o tema, "que é complexo", para a população e caracterizá-lo como "herança maligna de Lula".
O tema seguinte diz respeito à "Continuidade X Avanço". Tacitamente, a coordenação coloca que a palavra a ser usada pelos "aliados de Serra" deve ser "Avanço" e não "Continuidade", porque a primeira "expressa salto de qualidade, que ultrapassa a ideia de mera continuação".
Se forem questionados sobre por que mudar se o governo está bom, os parlamentares têm linhas gerais de respostas: "continuidade é ao que o governo Lula continuou: aos fundamentos econômicos decorrentes do Plano Real, da Lei de Responsabilidade Fiscal, das metas de inflação...". Ou então: "continuidade ao que ele (Lula) continuou na política social (Bolsa Família). O grande mérito do governo Lula foi ter percebido a importância do que vinha sendo feito".
Quando o assunto é "privatizações", a orientação é enfrentar "o mito das privatizações, cujos frutos o governo Lula hoje colhe e proclama (...)".
Segundo matéria publicada pelo jornal Folha de S. Paulo, também saíram dos gabinetes dos deputados Antônio Carlos Magalhães Neto (DEM)-BA) e João Pizzolatti (PP-SC) emails ofensivos à pré-candidata petista, Dilma Rousseff. O líder do PT encaminhou ao presidente da Câmara Michel Temer (PMDB) uma notificação para que fosse apurado o uso indevido da estrutura da Casa com fins de campanha eleitoral.
Bornhausen já restituiu aos cofres do Tesouro os valores gastos na impressão do material. Vaccarezza disse, em seu Twitter, que aguarda retratações do líder do DEM.
http://noticias.terra.com.br/eleicoes/2010/noticias/0,,OI4419358-EI15315,00-Documento+de+campanha+do+PSDB+e+feito+com+timbre+da+Camara.html

*************************
Comentário do Brizola Neto, do Blog Tijolaço. Só 1 trecho:

E aí entra a segunda questão:
quem está espalhando sistematicamente esta sordidez de apontar Dilma como assassina e assaltante? Posso dar uma dica: quem começou foi a própria Folha, ao abrir suas páginas para reproduzir uma montagem apócrifa tirada da internet, com uma ficha falsa do Dops, ilustrando uma entrevista com uma pessoa que nega ter dito o que o jornal coloca em sua boca.

ACHEI FRACA, embora bem intencionada, a reação do líder do PT, Cândido Vacarezza, de pedir uma sindicância à Mesa da Câmara para apurar o episódio. O comando do PT não pode ficar indo, como dizia Machado de Assis, “de borzeguins ao leito”.

É direto no TSE.

Imprensa Brasileira disse...

Haverá um transferências de votos quando O povo souber que o presidente da republica apoia Dilma. Quando começar a campanha eleitoral.
Com certeza a campanha da Dilma terá um apresentador de peso do porte do presidenta Lula.
Amigo eu apoio o companheiro Lula e a companheira Dilma Rousseff que temos que lutar para que ela seja a nossa presidenta.
As nossas vozes estão juntas para defender e votar na Dilma. Se possível coloque meu endereço no seu blog.
Abraços

http://www.imprensabrasileira.com.br/

Sofia disse...

Oi, anjo!

Acho que você gostará disto: o livro com o poema ‘VIDA: Já perdoei erros quase imperdoáveis’ já está nas livrarias de Portugal em uma edição especial com lindas ilustrações!

Estou deixando o link do vídeo do livro no You Tube para você olhar depois. Está muito bonito!

http://www.youtube.com/watch?v=UmgROzFwzcA

- Beijinhos...