25 junho, 2006

Big bang

Stephen Hawking, da Universidade de Cambridge no Reino Unido, e seu colega Thomas Hertog, do Laboratório Europeu de Física de Partículas, CERN, em Genebra, Suíça, estão para publicar um paper no qual dizem que o universo não teve um único início. Eles argumentam que ele começou de todas as maneiras imagináveis.

A partir desta profusão de inícios, a maioria desapareceu sem deixar qualquer marca no universo que conhecemos. Apenas uma pequena fração destes inícios se misturaram para produzir o cosmos atual, dizem Hawking e Hertog.

Esta, eles insistem, é a única conclusão possível se formos levar a sério a física moderna. ‘A mecânica quântica proíbe uma única história’, diz Hertog.

bpd

Um comentário:

CCCP disse...

Papo altamente cabeça, hein Reinaldo ? Qqr dia desses a gente precisa sentar com calma e usar esse pretexto prá tomar uma dúzia, comentando, talvez, a "teoria das cordas cósmicas" ou dos "worm-holes" rsrsrs.