02 junho, 2006

Direto da Aldeia Giramundo, blog do professor Martinho


Mil garrafas de champanhe Chandon, o high society de chapéu e a elegância comunista marcaram o domingo no Jockey, durante o Grande Prêmio SP.
A festa começou às 13h, com almoço elaborado pelo banqueteiro Charlô Whately, para 500 convidados. Entre eles, o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, o presidente da Câmara de Deputados, Aldo Rebelo, e sua esposa Rita Rebelo -com chapéu da Maison John & John, de Brasília, e casaco de pele amarelo, da Dolce & Gabbana."É pele sintética", diz Rita, cujo marido, Aldo, é militante histórico do PC do B, o Partido Comunista do Brasil."Comprei em Roma, em 93, 94... Mas, olha, sou uma pessoa super simples. Só acompanhei a tradição do evento, que tem esse formato de elite. Mas a gente não é disso, não", diz Mônica bergamo, Folha 24/05/06.
Comentário da Aldeia:
O ex-líder estudantil Aldo Rabelo, atualmente político profissional, apareceu com sua esposa trajada elegantemente com um "dolci & gabanna", como descreve a reportagem acima. Em 1982, o líder da UNE e estudante de Direito (curso que ele não concluiu) mudou-se para São Paulo onde elegeu-se vereador em 1989. Em 1990 chegou pela primeira vez à Câmara dos Deputados, local onde apresentou o "valoroso" projeto de proibição de utilização de palavras estrangeiras na língua portuguesa ( dolce $ gabbana pode presidente?).
Líder do governo da Câmara, Aldo tornou-se presidente da casa no ano passado após o escândalo do Severino Cavalcanti. Longe da Aldeia propor um comunismo de miséria , onde todos comam goiabada cascão, tomem ki-suco ( ou seria melhor "que-suco" presidente?) e andem de chinelo de dedos. Mas venhamos, casaco de US$30mil em São Paulo após os ataques do PCC é esbanjar dinheiro e desigualdade, não muito indicados para um homem público e pertencente a um partido que pretende acabar com o capitalismo. Deu coceirinha na Aldeia também quanto a valores. Como o senhor não é formado e seu único emprego é ser político ( profissão digna e fundamental à democracia diga-se de passagem), em dois anos de mandato (1991-1992) recebendo cerca de US$ 5000 por mês deu para comprar um "mimo" para a esposa. Deves ser econômico presidente...

4 comentários:

Daniel Lopes disse...

Tem coisas que realmente me deixam puto.
Como pode?!?!?!?!
Não é porque é comunista, tem que andar todo sujo e esfarrapado, dando "1,2" por entre as ruas.
No entanto, ostentar é inaceitável!!!
Senhora primeira-dama da Câmara, por favor, vá ser madame lá no PSDB!!!

CCCP disse...

Inocentes ! Então eu não canso de falar: política no Brasil é meio de ascensão social e ponto. Não adianta o cara ser comunista e o cacete, chegou ao "pudê", sentiu o bafo do danado, não há filosofia marxista que resista.
Dou até um desconto: fico imaginando o Aldão lá, se arrumando, e a dona "Alda" reclamando:
_ Ah, hoje eu vou por o meu vison, não quero nem saber ! Todas as minhas amigas usam, porque eu não posso usar ?
_ Tem que ver que não fica bem né, mô ? Eu sou do partido comunista...
_ Ah, mô, estamos no Brasil, comunista é coisa de União Soviética, aqui ninguém nem sabe diferenciar comunista de socialista, de capitalista, de esquerdista etc. Pô, mozão, a gente chegou lá ! A gente é rico !
_ Tá bom então, mozão, é que depois dá um trabalho ter que ficar explicando pra comunistaiada pobre, ter que ficar bolando esses projetos mirabolantes prá dissipar a atenção...
_ Vou ligar prá Lú Alckimin !
_ Que isso, mozão ?
_ Só prá ver com que cor ela vai ! Não vou eu botar um casaco de 30.000,00 e correr o risco de ter uma outra usando um igual, né mô ? Ainda mais do PSDB !
_ Ah, isso nunca, mozão, do PSDB seria imperdoável !

Anônimo disse...

Very pretty design! Keep up the good work. Thanks.
»

Anônimo disse...

I find some information here.