30 junho, 2006

S.T.F. manda soltar assassino de Dorothy Stang

Por três votos a dois, o Supremo Tribunal Federal concedeu, na manhã desta quinta (29), hábeas corpus a Regivaldo Pereira Galvão, o Taradão, acusado de ser um dos mandantes do assassinato da missionária americana Dorothy Stang no Pará em fevereiro do ano passado. CPT teme aumento da violência e lamenta impunidade.

Vai entender este S.T.F. ...
Uma surpresa atrás da outra!!!

3 comentários:

CCCP disse...

O sistema jurídico brasileiro é um asilo em que os loucos tomaram o poder Daniel...

Marco Aurélio disse...

O advogado da CPT (Comissão Pastoral da Terra) que acompanha o processo do deste caso, disse que a liberdade deste facínora é uma ameaça às testemunhas de acusação e há bons motivos para acreditarmos nisso. É só acompanhar o caso. Por que razão solta-lo então? Segundo o advogado do crápula, "Não há indício de autoria do crime para levá-lo ao julgamento". Realmente esse indício nunca aparecerá. Ele foi o MANDANTE!
A cada dia que passa vou perdendo o respeito pelo STF. Desculpe-me a intromissão mas acho que deveria mudar o sistema de comentários de seu blog, para facilitar aos visitantes.

Um abraço

Marco Aurélio

Daniel Lopes disse...

Agradeço a sugestão.
Passarei ao Reinaldo para modificar.
Eu não entendo nada de computador!!!
Um abração, Marco!!!