23 outubro, 2006

Os Alquimistas e os portadores de necessidades especiais

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) proibiu nesta segunda-feira a distribuição de adesivos que lembrem o dedo amputado do presidente-candidato Luiz Inácio Lula da Silva (PT), assim como qualquer forma de veiculação da deficiência física do petista.

Um adesivo distribuído em algumas cidades mostra uma das mãos com quatro dedos sendo coberta por uma faixa diagonal vermelha --sinal de proibição no trânsito. O TSE não informa em que cidades esses adesivos estariam sendo distribuídos

De acordo com Ribeiro, o material é ilegal porque "atenta contra a dignidade da pessoa humana, promovendo discriminação em razão de deficiência física" e "pode, em tese, configurar crime contra a honra relacionado com o processo eleitoral".

Já que não podem mais usar a deficiência física do Presidente da República como símbolo, sugiro aos Alquimistas outro ícone, bastante identificado com eles e seus aliados: a suástica nazista.

2 comentários:

Rosana disse...

Ou quem sabe o símbolo da Opus Dei....

Anônimo disse...

mais uma vergonha na história do tucanismo.