29 dezembro, 2006

Delfim de novo?

Circulam conversas de que Delfim venha a ocupar o Ministério da Fazenda ou algum cargo desta pasta.

Delfim não foi reeleito Deputado Federal, um favor que a sociedade paulista fez!

Não consigo conceber que alguém avente a hipótese de tê-lo no Governo Lula. Delfim foi Ministro do Regime Militar, participou da elaboração do AI-5. De direita, convicto! É bem verdade que influenciou Palocci no primeiro mandato, e por esta razão, dentre outras, o governo ficou estagnado no centrão!

Olha, aprendi que na política jamais podemos guardar mágoa. Mas até aí, ser corno manso, é demais!

Como diz Reinaldo: "Todo castigo pra traíra é pouco!"

Delfim é meu amigo,
Delfim é meu colega.
Farei com ele,
o que o cavalo fez com a égua!

4 comentários:

almeida2.blig.ig.com.br disse...

Vivendo e aprendendo, tudo que sei é que nada sei.

Anônimo disse...

Paiaçada tem limite!!!

Anônimo disse...

Pau no cú do Delfim

Reinaldo disse...

Delfim Neto parece ator de filme de terror, do cinema trash.

Uma coisa assustadora e bisonha.

Com um ministro desses, o mercado estará sempre assustado.

E não poderá fazer pronunciamentos no horário nobre. A visão de sua cara deformada é imprópria para crianças.

Deixando de lado as brincadeiras, há duas razões para se opor ao nome dele, nem que seja para contínuo do governo Lula.]

Primeiro: é comparsa dos criminosos da ditadura e, portanto, partícipe de prisões ilegais, torturas, assassinatos e outros crimes. Deveria ser enforcado amanhã, junto com Sadam Hussein e Bush.

Segundo: é defensor da idéia do défict nominal zero, que, em outras palavras significa reduzir os investimentos em todas as áreas sociais.