04 abril, 2006

Hoje, acompanhando a Sessão na Câmara Municipal, ouvi o seguinte, do Vereador Ditão (PPS):
- É um absurdo o que a Deputada fez!!! Dançar é debochar do povo!!! Tem horas que eu sinto saudades dos militares!!!
Opa!!! Vamos, então, voltar com as prisões políticas, as censuras, e principalmente com as torturas!!!
Esquece-se o nobre Edil, ou nunca soube, que seu partido lutou bravamente pelo fim desse período que sente saudades.
Palhaçada tem limite!!!

2 comentários:

CCCP disse...

Tá vendo Cabeção, de onde vem o ceticismo e o cinismo desse signatário ? Das poucas vezes em que tive o desprazer de ver ou ouvir os "pronunciamentos" dos vereadores da câmara sorocabana, foi tão grande o número de sandices, fanfarronice e despautérios que só senti aumentar meu desprezo pelo mundo político. E pena, dos sonhadores como vc que insistem em defender a via política e a tal "sapiência" do voto popular. Sim, porque todos aqueles ignorantes (lato sensu) analfabetos têm respaldo do tal voto popular. "Há exceções" dirá você, mas são tão de fora daquele habitat que logo ou são absorvidas pelas ervas daninhas e tornam-se uma delas, revelando assim que não eram tão exceção assim, ou pulam fora do jogo e vão tocar a vida onde o ar é mais respirável. A propósito, não existe uma lei que barra o acesso de analfabetos a cargos eletivos ? É um tal de "nóis vai fazê, nóis fumo ino, fizéro, vortaro, indecênça, córo (quórum, capit ?)"...

daniel lopes disse...

Ainda assim acredito no voto popular, apesar destas "sandices", creio não existir outra maneira.

A grande questão é a falta de senso político da população, dessa forma, observamos estas bizarrices.

Não vislumbro outra forma que não a da conscientização mesmo.

Mas que é dífícil, não tenha dúvida.