07 fevereiro, 2008

Biografia de Aldo Rebelo


Aldo Rebelo é jornalista e deputado federal eleito por São Paulo sempre pelo mesmo partido, o Partido Comunista do Brasil – PCdoB. São cinco mandatos consecutivos. Desde 1994, Aldo figura entre os 10 parlamentares mais influentes do Congresso: um dos "cabeças", segundo levantamento anual do DIAP - Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar.

Com a vitória das forças progressistas nas duas últimas eleições, Aldo assumiu tarefas decisivas no cenário nacional. Foi presidente da Câmara dos Deputados, ministro da coordenação política e líder do governo Lula na Câmara. Na juventude, foi líder do movimento estudantil. Chegou à presidência da UNE – União Nacional dos Estudantes e criou a UJS – União da Juventude Socialista. Seu primeiro mandato parlamentar foi como vereador de São Paulo.

Com 51 anos de idade - mais de 30 deles dedicados à política – Aldo acredita que sua missão mais difícil foi presidir a UNE na época da reconstrução da entidade. Mas o período durante o qual ocupou a presidência da Câmara dos Deputados não foi menos complexo. Em menos de um ano à frente do terceiro cargo mais importante da República, Aldo conduziu discussões e decisões que já entraram para a história do parlamento brasileiro.

Sob a gestão de Aldo, a Câmara dos Deputados acabou com os salários extraordinários dos deputados e diminuiu o período do recesso parlamentar, que agora é um dos menores do mundo. Também acabou com os funcionários fantasmas e com a contratação de parentes de deputados em cargos de confiança. Projetos essenciais ao desenvolvimento do país foram aprovados, como o Fundeb – Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica, que irá melhorar o salário dos professores e aumentar o número de vagas nas escolas públicas. Foi aprovada a diminuição dos gastos com campanhas eleitorais e colocado em discussão o fim do voto secreto dos parlamentares. Todas essas medidas eram há muito tempo esperadas pela população brasileira.

Seriedade e equilíbrio são as marcas que Aldo deixa por onde passa. É um parlamentar que não aprofunda divergências: constrói convergências. Aldo Rebelo tem mostrado, com idéias e atitudes, que é possível unir até os mais obstinados adversários quando o assunto é defender e desenvolver o Brasil e consolidar a democracia.

Aldo tem uma trajetória política dedicada à construção de São Paulo forte e de um Brasil unido.

4 comentários:

Anônimo disse...

Faltou vc mensionar o grande feito legislativo do deputado até agora Cabeção, a instituição do Dia Nacional do Saci ! Sem falar do seu projeto revolucionário de acabar com os estrangeirismos na língua portuguesa através de lei !É por essas e outras que eu tenho sempre a impressão de que quando um deputado faz só o que está acostumado, ou seja, nada, o país melhora...

Isaura disse...

não acredito em tudo que leio , mas sem dúvida é tudo isso e mais um pouco que aldo é,tem seriedade na política, sou uma pessoa do povo sem méritos iguais, conheço aldo pessoalmente e sei das suas lutas democrática, sua batalha árdua a favor do povo, parabéns aldo continue assim... isaura rodrigues

Henrique disse...

OS INEGÁVEIS MÉRITOS PÚBLICOS DO DEPUTADO, EM QUE PESE ALGUMAS INICIATIVAS DE MENORES (COMO O DIA DO SACI) MAS QUE REFLETEM A PREOCUPAÇÃO COM A DEFESA DA CULTURA NACIONAL... INFELIZMENTE PERDEM O BRILHO COM A INTERPRETAÇÃO ATUALIZADA DA VELHA IDEOLOGIA DO PC PARA AGRADAR AOS 'SETORES DA BURGUESIA NACIONAL' CONTRA OS 'INTERESSES DO IMPERIALISMO', NA VERSÃO AMBIENTAL... É UMA PENA QUE O CÓDIGO FLORESTAL ESTEJA SENDO RASGADO PARA ATENDER DEMANDAS IMEDIATAS E OPORTUNISTAS... NOS CUSTARÁ MUITO CARO REMEDIAR SOCIALMENTE O LUCRO QUE SERÁ AUFERIDO POR ESSES SUPOSTOS SETORES PROGRESSISTAS DO AGRONEGÓCIO...

Anônimo disse...

Lamento tremendamente sua atuação para mudar o Código Florestal Brasileiro, que é a única proteção ao nosso meio ambiente já tão desrespeitado. A mudança no Código Florestal, como Aldo Rebelo pretende, poderá provocar desastres imensos e tornará grandes crimes à vida não mais um problema da justiça. Tal prática propiciará o agravamento da erosão, a seca de nossos mananciais, a desertificação, processos de extinção de flora e fauna, e inúmeros outros problemas críticos que impactarão o futuro dos brasileiros. Estamos profundamente abalados com esta atitude de Aldo Rebelo. ESTAMOS DE LUTO POR NOSSO FUTURO.